Angel Dust

agosto 2, 2009 § Deixe um comentário

A banda de thrash metal alemã Angel Dust surgiu na época em que o estilo estava no seu auge. O grupo foi considerado uma promessa na época em que Metallica, Testament e Anthrax dominavam a cena.

Em 1985 o primeiro trabalho do Angel Dust chegou às lojas, o então LP “Into the Dark Past”. Apesar de algumas divergências internas em 1987 saiu o segundo trabalho, “From Dust You Will Decay”. Apesar da boa aceitação de público e crítica, a banda encerrou suas atividades em 1989 em conseqüência de problemas internos. O thrash metal perdia uma de suas grandes promessas.

Depois de oito anos fora do ar, em 1997 o Angel Dust voltava à ativa. Apenas dois integrantes da antiga formação estavam presentes: o baixista Frank Banx e o baterista Dirk Assmuth. Para completar a banda foram recrutados Dirk Turisch (vocal), Bernd Aufferman (guitarra) e Stephen Banx (teclado), responsáveis entre outros fatores pela modernização do som do Angel Dust. Aquela banda oitentista de thrash estava completamente morta, e no seu lugar via-se um outro Angel Dust, com muito mais influências do heavy metal tradicional e grandes pitadas de progressivo.

Um ano após a volta o álbum “Border of Reality” foi lançado. O trabalho seria muito importante para consolidar o nome do grupo em um outro estilo, mas a crítica não gostou. Shows e mais shows de divulgação foram feitos, até o lançamento de mais um álbum, “Bleed”, de 1999. As características de “Border of Reality” foram mantidas e novamente a banda caiu na estrada, mas novamente sem obter um bom resultado de vendas e nem reconhecimento por parte da crítica. Nenhuma música estava emplacando como sucesso. Na verdade nenhuma música tinha algo de especial para ser mostrado. Nada no CD era novidade.

Em 2001, “Enlighten the Darkness” foi lançado, agora com a sonoridade tendendo para o power metal mais agressivo, o que finalmente agradou aos fãs e à mídia. A repercussão do disco foi muito boa. Como Dirk Assmuth não estava conseguindo conciliar a banda e a sua vida pessoal, para a turnê de divulgação foi contratado às pressas o baterista Michael Stincken (ex-House of Spirits). No segundo semestre de 2001, por diferenças musicais, Bernd Aufferman deixou a banda, e Assmuth decidiu voltar ao seu posto na bateria. O novo guitarrista da banda ficou sendo Ritchie Wilkinson (Demons & Wizards), mudanças ocorridas pouco tempo antes da turnê da banda pela América do Norte.

Lançado em 2002, o novo trabalho do Angel Dust, “Of Human Bondage”, foi muito bem recebido por todos e logo considerado o melhor lançamento de sua carreira. Merece destaque a versão metal de “Killer”, clássico do vocalista pop Seal, no começo dos anos 90.

Membros

  • Carsten Kaiser – vocais
  • Bernd Aufermann – guitarra
  • Christian Pohlmann – baixo
  • Dirk Assmuth – bateria
  • Steven Banx – teclados

Fundadores

  • Romme Keymer – guitarra, vocais
  • Andreas Lohrum – guitarra, vocais
  • Frank Banx – baixo
  • S.L. Coe – vocais
  • Dirk Thurisch – vocais
  • Vinny Lynn – guitarra
  • Stefan K. Nauer – guitarra
  • Ritchie Wilkison – guitarra

Discografia

  • 1986 – Into The Dark Past

  • 1988 – To Dust You Will Decay

  • 1998 – Border Of Reality

  • 1999 – Bleed

view-source:https://i2.wp.com/userserve-ak.last.fm/serve/174s/11591415.jpg

  • 2000 – Enlighten The Darkness

  • 2002 – Of Human Bondage

  • 2008 – VII (capa não encontrada. Atualizarei depois).

Marcado:, ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Angel Dust no De tudo um pouco (da vida do Gustavo)...

Meta

%d blogueiros gostam disto: