Migração: Até logo grande companheiro…

agosto 27, 2009 § 1 comentário

Já tem um bom tempo que mexo com Linux. Quando iniciei, mexia com versões leves, baseadas em Debian. Nunca fui muito fã. Quando conheci o Ataliba, que me indicou o Slackware, novas portas se abriram. Encontrei um sistema muito mais simples, leve, prático, mas que necessitava de alto conhecimento para operar. Claro que isto nunca foi um problema para mim, estava iniciando no mundo linux, só tinha que ter paciência, pois tinha muito tempo para aprender… E até então, operava o sistema numa boa… sempre gostei desta distribuição, mexia horas e horas, desenvolvendo programas sem ter nenhum impecílio, o sistema continuava leve, mesmo mexendo com frameworks pesados como o netbeans…

Mas nem tudo é um mar de flores… Uma vantagem que o Slackware tem é que, por ele vir com um gerenciador de programas simples, só instalava o programa que você queria, mas ele não resolve dependências.. Claro que ele tem ferramentas que fazem este processo, mas nem sempre todas as dependências eram resolvidas com sucesso. Confesso que isto pode ter sido um erro do operador aqui, pois preferia muito mais puxar os pacotes do http://www.linuxpackages.net e instalar manualmente, mas, já teve programas que a lista de dependências era grande, então acabei optando por utilizar os gerenciadores, como o swaret e o slackpkg, mas mesmo assim, um pacote ou outro eu tinha que fazer a resolução manualmente. É um problema pequeno, mas as vezes me fazia ficar chateado quando não instalava um programa. A desvantagem em si, é que quando um indivíduo não tem mais o tempo que tinha antes para ficar configurando tudo, a coisa aperta… Sempre gostei de configurar os programas a meu gosto no Slackware, mas meu tempo hoje ta muito pequeno, não dá para ficar gastando meu tempo com isso mais.

Como o Ataliba havia me indicado o Fedora, já conhecido por ser uma distribuição descendente do Red Hat Enterprise, e tinha acabado de comprar um novo HD de 500 GB, resolvi testar. E realmente, é muito boa. Já reconheceu todo meu hardware de início, inclusive, por ser 64 bits, o gerenciamento de memória e a quantidade de memória, notei uma certa melhora (o slack que usava estava já como 64 bits), não estou tendo problemas com dependências (até o momento), e, sempre testar uma nova distribuição é legal. Então, irei me aventurar nesta descoberta, não me esquecendo de meu grande companheiro que foi o Slackware. E não irei abandoná-lo, tanto que para trabalho, irei utilizar ele mesmo. Ele é muito simples para configurar, não precisa de hardware muito forte (claro, dependendo para o que for utilizado), mas em meu Desktop e no Notebook que pretendo adquirir no futuro, será o Fedora…

Pretendo mais para frente postar alguns tutoriais que forem necessários, caso encontre alguma dificuldade na utilização dele (duvido, ele é bem fácil) postarei aqui.

Marcado:,

§ Uma Resposta para Migração: Até logo grande companheiro…

  • O Fedora também é uma grande aventura. O pouco tempo que o estou utilizando já deu para ver isto. Ele é mais fácil, mas em compensação é uma aventura só🙂
    Pelo que eu vi, já há o 12 beta para baixar. Breve ele está aí disponível.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Migração: Até logo grande companheiro… no De tudo um pouco (da vida do Gustavo)...

Meta

%d blogueiros gostam disto: